BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

domingo, 31 de julho de 2011

Dois presos pulam muro de presídio e fogem em GO

 

Dois presos fugiram na manhã deste domingo do presídio de Aragoiânia (GO), na região metropolitana de Goiânia. De acordo com o 22º Batalhão de Trindade, a dupla escapou ao pular um muro da prisão, por volta das 10h, durante o banho de sol. Até o início da noite, eles não haviam sido recapturados.

Segundo a polícia, haveria uma cerca elétrica no local, mas ainda não se sabe se o equipamento estava ligado. A identidade dos fugitivos não foi divulgada.

     

Brasileiras preferem calcinhas confortáveis no lugar das sexy

Apesar de os homens discordarem, para 38% das mulheres conforto é imprescindível

De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto de Estudos e Marketing Industrial (Iemi), de São Paulo, na hora de comprar calcinhas e sutiãs as mulheres tendem a preferir as mais confortáveis, deixando de lado o romantismo e a sensualidade.

O estudo avaliou o comportamento de compra de roupas íntimas de 1.100 homens e mulheres, acima de 15 anos, de todas as classes sociais e residentes em diferentes Estados. Segundo o estudo, na hora de comprar lingerie, os consumidores - em sua maioria mulheres - prezam por peças confortáveis (38,3%) e práticas (14,6%).

Contudo, quando o critério é sensualidade e romantismo, há discordâncias entre os sexos. Uma peça feminina sensual é considerada importante para 22,2% dos homens contra 13,2% das mulheres. No quesito romantismo, a diferença fica ainda maior. Enquanto apenas 5,9% do público feminino acha importante uma peça romântica, 17,3% dos homens destacam esse aspecto em calcinhas e sutiãs.

Ao que tudo indica, o conservadorismo prevalece nas escolhas femininas. O critério "vanguarda e exotismo" aparece em último na lista, com apenas 0,4% das preferências.

Na hora de comprar roupa íntima masculina, conforto também aparece no topo das exigências (38,7%), seguido por praticidade (14,2%). De acordo com a opinião masculina, as cuecas precisam, além de tudo, ter estilo. O produto precisa ser jovial (10,3%) e sexy (8,3%) e não pode estar fora de moda (10,1%).

Ainda segundo a pesquisa, os homens têm hábito de comprar calcinhas e sutiãs para namoradas, mulheres, mães e filhas a fim de celebrar datas especiais - como, por exemplo, um aniversário ou dia dos namorados (33%). Esse motivo de compra aparece em segundo lugar na pesquisa, só superado pela necessidade de substituir uma peça antiga.

Já quando a mulherada compra cueca para dar de presente, o motivo é sempre substituir uma peça antiga. As mulheres também compram lingerie principalmente para renovar o conteúdo da gaveta e substituir as peças antigas (31,6%).

 

Homens gastam média de R$ 115,85; mulheres, R$ 93,20

Segundo a pesquisa do Iemi, as mulheres costumam comprar lingerie atraídas pelo que veem na vitrine. Cerca de 19,7% delas têm hábito de comprar na mão de revendedoras. Já os homens fazem uma compra de oportunidade. Segundo Marcelo Zillin Prado, diretor do instituto que realizou a pesquisa, a compra se dá quando os homens, já nos caixas de grandes supermercados ou lojas de departamento, são perguntados pelo vendedor se eles não precisa de mais algum produto. "Aí eles se lembram e pegam um pacotinho com três cuecas sortidas", diz.

O gasto médio na compra de lingerie feminina foi de R$ 93,20 e de roupa íntima masculina, R$ 115,85.

Prado diz que o homem gasta mais em cada compra, porém ele tende a comprar com menos frequência. Com relação ao consumismo feminino, 22,9% delas compram para "se dar um presente".

Alagoas ganha presídio para reeducandos trabalhadores

Alagoas vai passar a ocupar um lugar de destaque na lista dos estados que investem em alternativas inovadoras ao atual modelo penitenciário brasileiro, conhecido como “encarcerador”. Inspirado nos “Módulos de Respeito” espanhol, o Núcleo Ressocializador da Capital será inaugurado pelo governador Teotonio Vilela Filho e promete ser o início de uma nova era para o sistema penitenciário alagoano.

O Núcleo Ressocializador vai funcionar no antigo Presídio Rubens Quintella, que um dia também se chamou Presídio São Leonardo. O prédio, interditado pela justiça em 2007, foi todo reformado e adaptado para receber oficinas profissionalizantes e salas de aulas. Rampas e banheiros para portadores de necessidades especiais foram instalados atendendo recomendações da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas, a Adefal.

Diferente dos presídios comuns, o Núcleo Ressocializador da Capital vai abrigar apenas presos condenados pela justiça e não vai receber internos além de sua capacidade. O preso que se enquadrar dentro dos requisitos exigidos é convidado a participar do programa e assina um termo de compromisso. O diálogo, a transparência e a honradez são os norteadores desta nova unidade prisional.

A metodologia adotada no Núcleo Ressocializador da Capital é conhecida como Módulos de Respeito. Foi trazida para o Brasil da cidade de Leon, na Espanha. A Agência Goiana do Sistema de Execução Penal aplicou a experiência com sucesso em 14 unidades penitenciárias daquele estado – mais 15 estão em fase de implantação. O resultado se mostrou bastante promissor, reduzindo consideravelmente a reincidência criminal.

sábado, 30 de julho de 2011

Empresa deixa refeição na porta de presídio de Aparecida de Goiânia

Café da manhã deixado na porta da Penintenciária Odenir Guimarães (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Mais de 500 litros de leite e cinco mil pães foram deixados na entrada da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), em Aparecida de Goiânia (GO), na madrugada deste sábado (30). Isto aconteceu porque o complexo prisional de Aparecida de Goiânia (GO) está com duas empresas fornecedoras de alimentos. O resultado foi a entrega de marmitas em duplicidade.

Os problemas tiveram início no último dia 24, quando os detentos recusaram as refeições fornecidas pelo Grupo Coral, alegando que estavam estragadas. Como os agentes penitenciários também estão reivindicando melhores condições de alimentação, ameaçando fazer uma paralisação, a Agência Goiana de Execução Penal (AGSEP) contratou a segunda colocada no processo de licitação.

O Grupo Coral informa que em nenhum momento existiu comida imprópria para o consumo e que até o momento não foi comunicado oficialmente sobre a suspensão da prestação de serviço. Para cumprir o contrato de 180 dias continuará fornecendo as refeições. A estimativa é a de entregar cerca de 1,3 mil e 1,5 mil marmitas no almoço e no jantar

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Assinatura Mãçônica no resgate dos 33 mineiros Chilenos

Sei que ja se passou muito tempo desde que foi realizado o resgate dos 33 mineiros do Chile, sei que muita coisa aqui e pura ivenção, mais gostei do post e estou aqui repassando para meus leitores


O resgate dos 33 azarados mineiros chilenos se tornou, definitivamente, um evento internacional da mídia. Todos os aspectos do resgate foram cuidadosamente encenados para tornar a coisa inteira um show espetacular, inspirando emoções, admiração e orgulho nacional. Para aqueles cientes do simbolismo oculto e maçônico, é difícil não ponderar sobre os fatos simbólicos e numerológicos do evento. Eis aqui alguns deles:
1 - O número dos mineiros

O número 33 é de grande importância na Franco-maçonaria e no sistema Cabalístico dos números. Ele pode ser encontrado em muitas instâncias na doutrina maçônica.
“Por exemplo, considere o número 33. O primeiro templo de Salomão sustentou-se por trinta e três anos em seu esplendor original. No fim daquele tempo, ele foi pilhado pelo Rei egípcio Shishak, e, finalmente, (588 A.C.) foi completamente destruído por Nabucodonosor e o povo de Jerusalém foi guiado em cativeiro para a Babilônia. (Veja a História Gerald a Franco-maçonaria, por Robert Macoy.) O Rei David também governou por trinta e três anos em Jerusalém; a Ordem Maçônica é dividida em trinta e três graus simbólicos; há trinta e três segmentos na coluna vertebral humana; e Jesus foi crucificado no trigésimo terceiro ano de Sua vida.” (Manly P. Hall, Ensinamentos Secretos de Todas as Épocas)
“Alquimia é uma arte triplicada, seu mistério é bem simbolizado por um triângulo. Seu símbolo é 3 vezes 3 – três elementos ou processos em três mundos ou esferas. O 3 vezes 3 é parte do mistério do 33º grau da Franco-maçonaria, porque 33 é 3 vezes 3, que é 9, o número do homem esotérico e o número de emanações desde a origem da Árvore Divina.” (Ibid)
2 – A data do evento
A data para começo do resgate é também significante:
10/13/10 que pode ser cabalisticamente calculada dessa forma: 10 + 13 + 10 que é igual a …33
3 – A Fênix

O nome da cápsula de resgate foi chamada de “Fênix” (Phoenix), que é o pássaro que ascendeu das cinzas. Novamente, a seleção do nome Fênix, uma criatura mitológica possuindo uma grande importância nos mistérios ocultos, é bastante interessante. O pássaro é considerado um símbolo de realização de transmutação alquímica, um processo equivalente à regeneração humana.
“Nos mistérios era costumeiro referir-se a iniciados como fênix ou homens que não nasceram novamente, pois da mesma forma que o nascimento físico confere ao homem consciência do mundo físico, assim para o neófito, depois de nove graus no útero dos mistérios, nasce-se em uma consciência do mundo espiritual.” (Ibid.)
4 – O número de dias que se levou para furar o buraco
“O trabalho tomou 33 dias no total, um homem por dia,” disse Mikhail Proestakis, diretor da Companhia de Suprimento de Perfuração, que participou na perfuração do buraco do resgate com um diâmetro de 66 centímetros, que é 33 duas vezes.”
“Eu acredito em numerologia, significa algo.

5 – O simbolismo do evento
Para resumir o evento do resgate, os 33 mineiros, que foram encurralados por 69 dias nas profundezas e na escuridão do subterrâneo foram alçados um por um, em 13/10/10 em uma cápsula chamada “Fênix” – uma criatura representativa da iniciação oculta – até a luz do dia. Como eles dizem “Ex tenebris lux”: Da escuridão à luz.

Com esses fatos em mente, pergunto a você: foi ou não foi um mega-ritual maçônico o resgate aos mineiros chilenos?

Pentagrama invertido na camisa que o mineiro foi sugerido vestir

Fonte: Combater a nova ordem Mundial

Maçonaria, P2 e o Banqueiro de Deus

MaconariaRoberto Calvi, dirigente do Banco Ambrosiano e filiado à loja maçônica conhecida como “P2”, teria fugido com mais de 723 milhões de dólares das caixas do estabelecimento, que continha principalmente recursos do Vaticano. 

Sua morte em 1982 jamais foi realmente esclarecida. A justiça britânica chegou à conclusão de que se tratou de um suicídio, mas em 1992 uma nova investigação foi aberta na Itália, depois que a família do banqueiro recolheu indícios que tentavam provar que Calvi havia sido assassinado pela máfia.

Carboni, ex-braço direito de Roberto Calvi, apresentado como a pessoa que pediu sua morte.

Além de Flavio Carboni, dois membros da máfia (Francesco Di Carlo e Pipo Calo) são também investigados.

Roberto Calvi, banqueiro do Banco Ambrosiano, chamado como "o Banqueiro de Deus" pelo seu vinculo com o Vaticano, foi encontrado enforcado numa ponte de Londres, em 1982, na realidade foi assassinado e sua morte foi disfarçada como um suicídio.

P2 é a designação mais comum para a Loja Maçónica italiana Propaganda Due (Propaganda Dois). A questão P2 veio a público com a incriminação de Michele Sindona no Escândalo do Banco Ambrosiano, no qual o Banco do Vaticano tinha muitas ações.

Possivelmente quando roberto sentiu a preção, referente ao desaparecimento do dinheiro, ele desapareceu da ITALIA, ele passou a ser o homem mais procurado da EUROPA, e foi para Londres, acredita-se que ele ficou com medo, da P2 e que não acreditava que chegaria vivo a cadeia.

Roberto Temeu pela segurança da família, ele gostava de manter contato constante com a família, dois dias antes de sua morte, ele ligou para seu filho.

Estranhos simbolismos que cercavam o caso fez uma ligação no caso com a loja P2.

As ligações de Roberto Calvi com o Venerável Mestre Licio Gelli tornaram-se um foco de atenção da imprensa e da polícia, causando a descoberta (da então secreta) Loja.

Uma lista de aderentes foi encontrada pela polícia na casa de Gelli em AREZZO em Março de 1981, contendo mais de 900 nomes, entre os quais estavam importantes cargos públicos, alguns políticos de importância (4 ministros ou ex-ministros e 44 deputados), oficiais do exército, muitos deles envolvidos nos serviços secretos italianos. Incrivelmente o futuro Primeiro-Ministro italiano Silvio Berlusconi constava na lista, no entanto ainda não estava na atividade política nessa altura. Outro membro famoso era Vitor Emanuel, Principe de Nápoles, o cabeça da Casa de Savóia. Um documento foi encontrado na posse de Licio Gelli intitulado “Piano di Rinascita Democratica” (Plano de Renascimento Democrático) que resumia as intenções da loja numa declaração; essencialmente o objetivo de Gelli era a criação de uma nova elite política e económica para levar a Itália na direção de uma nova forma de democracia, mais autoritária e com uma perspectiva anti-comunista..

 

Veja parte da Lista de Licio Gelli's com membros do P2 encontrada em 1981

Mais de 900 nomes; foi dito que pelo menos mil nomes ainda são mantidos em segredo. Inclui 30 generais, 38 membros do parlamento, 4 ministros, ex-ministros, chefes dos serviços secretos, editores de jornais, executivos de TV, homens de negócios, banqueiros, 19 magistrados e 58 professores universitários.

  • Michele Sindona, Banqueiro com ligações à Mafia.
  • Roberto Calvi, "Banqueiro de Deus"
  • Antonio D’Alì, proprietário do Banca Sicula (seu filho, Antonio D'Ali Jr., e Senador de Trapani, eleito pelas listas do Forza Italia)
  • Silvio Berlusconi, homem de negócios e ex-Primeiro-Ministro da Itália
  • Victor Emmanuel, Principe de Nápoles
  • Antonio Amato, Cagliari
  • General Vito Miceli, chefe dos SIOS (Servizio Informazioni), Serviços Secretos Militares Italinos de 1969 e chefe do SID de 18 de Outubro de 1970 ate 1974. Preso em 1975 acusado de “conspiração contra o Estado” no que diz respeito a investigações acerca do Rosa dei Venti, um grupo infiltrado no Estado e envolvido na estratégia de tensão, tornou-se mais tarde membro do MSI.
  • Aldo Alasia, Buenos Aires
  • Luis Alberto Betti, Buenos Aires
  • Antonio Calvino, Buenos Aires
  • Cesar De la Vega, Argentina
  • Raúl Alberto Lastiri, Presidente da Argentina de 13 de Julho de 1973 ate 12 de Outubro de 1973.

Emilio Massera, com Orlando Ramón Agosti, de 1976 ate 1978 foi parte Junta Militar em Buenos Aires, liderada por Jorge Rafael Videla.

  • José López Rega, Ministro das Obras Sociais no governo de Péron e fundador da Aliança Anticomunista da Argentina. ("Triple A")
  • Alberto Vignes, ministro Argentino.
  • Almirante Argentino Carlos Alberto Corti
  • Maurizio Costanzo, Jornalista Italiano e produtor de muitos dos programas do Mediaset (a televisão comercial de Berlusconi)
  • Franco Di Bella, Director do Corriere della Sera
  • Angelo Rizzoli, proprietário do Corriere della Sera, hoje em dia produtor de cinema.
  • Tassan Din, Director Geral do Corriere della Sera
  • Massimo Donelli, directoror do TV Sole 24 horas.
  • Paolo Mosca, ex-director do "Domenica del Corriere"
  • Gino Nebiolo, nessa altura director do Tg1, foi enviado para director da RAI em Montevideo

Franco Colombo, ex-correspondente da RAI em Paris, aspirante ao P2, agora vice-presidente da sociedade a cargo do túnel de Mont Blanc.

  • Fabrizio Cicchitto, ex-membro do PSI, agora no Forza Italia.
  • Alberto Sensini, aspirante ao P2
  • Roberto Memmo, que fez muito para ajudar a Michele Sindona, e agora director da Fondazione Memmo per l'arte e la cultura, situada em Palazzo Ruspoli em Roma.
  • Rolando Picchioni, ex-deputado do Democrazia Cristiana, agora secretário do Salone del libro di Torino.
  • Giancarlo Elia Valori, o único membro do P2 que foi expulso (possivelmente por estar a querer ganhar mais destaque que Licio Gelli), é agora presidente da Associazione Industriali di Roma

Roberto Gervaso, Jornalista e escritor Italiano.

  • Colonel Italo Poggiolini
  • Giovambattista Palumbo
  • General Pietro Musumeci
  • Twll Dydindi Pharoh
  • Giuseppe Siracusano
  • Giovanni Allavena
  • Franco Picchioni
  • Giulio Grassini
  • Colonel Antonio Labruna
  • Colonel Manlio del Gaudio
  • General Giuseppe Santovito
  • Judge Giuseppe Renato Croce
  • Judge Giovanni Palai
  • Walter Pelosi (director dos CESIS de 1978 a 1981)
  • Gustavo Selva, jornalista e deputado da Alianca Nacional
  • Pietro Longo, secretário do PSDI
  • Publio Fiori, deputado do Democrazia Cristiana, tranferido para a Aliança Nacional em 1994, ministro aquando do governo de Berlusconi.
  • Antonio Martino, ministro aquando do governo de Berlusconi (aspirante ao P2)

Duilio Poggiolini, ex Ministro da Saude do PLI.

  • Massimo de Carolis, Democrazia Cristiana nos anos setenta, agora membro do Forza Italia, ex-presidente do Conselho Municipal de Milao graças á ajuda de Berlusconi.
  • Angelo de Carolis, político
  • Mario Tedeschi, político
  • Enrico Manca, político socialista
  • Pierluigi Accornero, homem de negócios
  • Mario Lebole, homem de negócios
  • Jorge de Souza, Brasil
  • Pedro dos Santos, Brasil
  • Claudio Perez Barruna, Costa Rica
  • Osvaldo Brama, Dakar
  • Guido Ruta, United States
  • Randolph K. Stone, Los Angeles, USA
  • Dott. Hatz Olah, Melbourne, Austrália
  • Roberto(Bob)Patino, homem de negócios

SP: mulher envia 7 celulares em cadeira de rodas a marido preso

SP: mulher envia 7 celulares em cadeira de rodas a marido preso

mulher-de-um-detento-portador-de-necessidades-especiais-enviou-cadeiraAgentes de segurança penitenciária da unidade de Flórida Paulista, a 592 km de São Paulo, encontraram sete aparelhos celulares escondidos entre as peças de uma cadeira de rodas que seria destinada a um sentenciado portador de necessidades especiais. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, o equipamento foi levado ao presídio pela mulher do preso na segunda-feira.

Depois da vistoria padrão realizada, os agentes passaram a cadeira pelo sistema de raio X e perceberam que os equipamentos estavam escondidos na tubulação do braço da cadeira. Além dos celulares, a cadeira ainda levava um carregador de bateria, seis fones de ouvido e um chip.

A administração da penitenciária instaurou processo para apurar o caso. A mulher do detento não foi presa. A unidade de Flórida Paulista tem capacidade para 768 presos, mas abriga atualmente 1.256.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Após escuta telefônica do Ex-goleiro Bruno, dois funcionarios do presídio são afastados

 

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) de Minas Gerais informou nesta segunda-feira que exonerou do cargo a funcionária Márcia Ermelinda Fortes, ex-diretora de atendimento da Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Márcia seria a mulher que intermediou os contatos telefônicos entre o goleiro Bruno e a noiva dele, a dentista carioca Ingrid Calheiros, segundo o que a própria Ingrid afirmou em uma das gravações.

Escutas telefônicas autorizadas pela Justiça flagraram o casal conversando por mais de 12 minutos no dia 12 de dezembro do ano passado. Nas gravações, Ingrid diz que mantinha contato frequente com a ex-diretora de atendimento: "Tudo que a acontece lá no presídio ela me liga", disse em uma das conversas. O afastamento ocorreu no dia 21 de abril deste ano, mas, segundo a Seds, a ex-diretora foi exonerada por incompatibilidade de cargo - o órgão não confirmou se as ligações foram o motivo da incompatibilidade.

A Seds confirmou também o afastamento do ex-diretor do presídio Cosme Dorivaldo Santos, alegando ser uma questão de rotina interna da pasta. Atualmente ele ocupa um cargo administrativo no Centro de Remanejamento de Presos de Contagem. Cosme foi flagrado conversando com Ingrid em outra ligação interceptada pela Justiça. No dia, ela solicitou que o então diretor impedisse a entrada na penitenciária do advogado Ângelo Carbone Sobrinho, que chegou a defender Bruno durante um período.

Na última sexta-feira, o serviço de inteligência do Ministério Público, com autorização da Justiça, grampeou o telefone de Ingrid. Em uma das gravações, antes de falar com o noivo, ela conversou com duas pessoas, um homem e uma mulher. Foram eles quem transferiram a ligação para uma sala de onde Bruno foi autorizado a falar.

Em nota, a Seds informou que os detentos do sistema prisional têm direito a ligações sociais mediante autorização e justificativa, concedida por motivo relevante. Porém, com a transcrição das ligações autorizadas, a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) decidiu "abrir um procedimento interno para apurar se houve facilitação do direito, por meio de algum funcionário, assim como abuso de confiança por parte goleiro Bruno"

Gansos ocupam lugar dos cães em presídio de SC

Nada de cães com raças que metem medo e afastam até mesmo os mais corajosos. A moda agora é a aquisição de gansos para serem usados como alarme antifuga. A prática é adotada há um ano em Jaraguá do Sul, usada também na penitenciária São Pedro de Alcântara, na Capital.
 
A ideia de trocar cães pela ave agitada e escandalosa surgiu logo na inauguração da nova ala feminina da unidade prisional de Jaraguá do Sul.

Segundo o diretor, Cleverson Henrique Drechsler, um canil que abrigaria cachorros como forma de coibir possíveis fugas foi construído no local. Seguindo o exemplo de Florianópolis, o diretor resolveu utilizar seis gansos. “É uma barulhada sem fim. Qualquer movimento, o bando já faz tumulto e alerta quem está de prontidão no sistema de segurança”, comenta.

As aves são tratadas com milho e sobras de verduras da alimentação carcerária. Dão menos despesa que o cachorro, adoecem menos e tem instinto “territorialista”, ou seja, ninguém invade seu espaço. Outro motivo seria a afetividade entre o cão e o dono. Como geralmente o canil é virado paras as celas, se tornam amigos dos detentos. Já os gansos não se comovem com o tratamento que recebem dos presos e estão sempre prontos para cumprir a missão de dedurar. 

Detento é morto com uma barra de ferro dentro de cela em Águas Lindas (GO)

A vítima foi atacada por um grupo de detentos durante o banho de sol

Uma briga entre detentos dentro de uma cela do presídio de Águas Lindas (GO), distante 47 quilômetros de Brasília, terminou em morte no início da tarde desta segunda-feira (25/7). Um dos presos teria improvisado uma arma com um pedaço de ferro da estrutura do próprio presídio e, com ajuda de outros presos, atacado um dos colegas de cela no peito.

A vítima tinha 23 anos e cumpria pena desde dezembro por roubo. O crime ocorreu durante o banho de sol, quando os detentos estavam fora das celas.

Segundo o diretor da cadeia pública de Águas Lindas, Adriano Augusto de Andrade, um grupo formado de vários presos, com as camisas cobrindo o rosto, teria cercado a vítima, que foi enforcada para que ficasse em silêncio. Em seguida, teria enfiado o ferro no peito do rapaz. "A vítima não era agressiva e tinha um comportamento bom", contou o Andrade.

Ainda de acordo com o diretor, o detento era uma pessoa reclusa e não interagia com muita frequência. Um segundo detento foi ferido na mão ao tentar apartar a situação, mas passa bem.
Segundo informações da Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agesp), a vítima ainda estava viva quando os funcionários da cadeia foram avisados. Mas o homem, que havia sido jogado no corredor, do lado de fora da cela, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo homicídio. A tropa de choque da Polícia Militar e investigadores da Polícia Civil estiveram no local. A unidade passou por uma revista geral em busca de objetos, que possam ser usados como armas, celulares e drogas. Os policiais encontraram uma corda, que teria sido usada para enforcar o preso, e a barra de ferro usada no crime. Quatro detentos, com ferimentos nas mãos, foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML). Eles são suspeitos de matar o rapaz. Todos devem prestar depoimento nesta terça-feira (26/7).

Analisando o Manifesto de Anders Breivik Behring – Terrorista da Noruega era Darwinista

211c2394f0ce27a775f5d39db39c9e96

Se não bastasse o fundamentalismo religioso, há também o fundamentalismo ateu.

Uma revisão de manifesto de 1500 páginas de Anders Behring Breivik mostra que a caracterização rápida dos meios de comunicação do terrorista norueguês como um “cristão” pode ser incorrecta.

Breivik foi preso no fim de semana, acusado de um par de ataques brutais e perto de Oslo, na Noruega, incluindo um atentado na capital, que matou 7 e um tiroteio em um retiro de jovens políticos na ilha de Utoya que matou mais de 80 vítimas.

O terrorista escreve em seu manifesto que ele não é religioso, tem dúvidas sobre a existência de Deus, não ora, mas afirmar ser favorável a primazia da “cultura cristã” da Europa, bem como de sua própria cultura pagã nórdica.

Breivik elogia Charles Darwin, cujas teorias evolutivas contrastam com as afirmações da Bíblia, e afirma: “É essencial que a ciência tenha sempre uma prioridade incontestável sobre os ensinamentos bíblicos. A Europa sempre foi o berço da ciência, e deve sempre continuar a ser assim. Quanto a minha relação pessoal com Deus, acho que não sou um homem religioso. Sou em primeiro lugar um homem de lógica. No entanto eu apóio uma Europa cristã monocultural”.

O Brasil em uma lista de 20 Alvos.

Para Breivik, miscigenação é a causa dos problemas sociais do Brasil, o assassino de Oslo cita país doze vezes em manifesto publicado na internet

No manifesto não faltam referências históricas detalhadas, estatísticas, vários planos de guerra contra a elite marxista/ multiculturalista responsável pela islamização da Europa.

Em seu manifesto, o autor do dos atentados em Oslo, Anders Behring Breivik, citou o Brasil como exemplo do efeito negativo da mistura de raças. Segundo ele, a miscigenação da população brasileira é a causa da desigualdade social, da corrupção e do que chamou de falta de produtividade.

“Os resultados são evidentes e se manifestam num alto nível de corrupção, falta de produtividade e um eterno conflito entre várias ‘culturas’ competindo, enquanto as ‘sub-tribos’ criadas (preto, mulato, mestiço, branco) paralisam qualquer esperança de sequer alcançar o mesmo nível de produtividade e igualdade de, por exemplo, Escandinávia, Alemanha, Coreia do Sul e Japão”, escreveu o atirador.

Para Breivik, se na Europa ocorresse uma mistura de raças semelhante ao caso brasileiro, o resultado seria devastador e um grande atraso. "Além disso, seria um crime grave contribuir de alguma forma para a aniquilação, desconstrução e genocídio dos povos nórdicos por definição.”

“Um país com culturas que competem entre si se destruirá internamente a longo prazo ou terminará como um país permanentemente disfuncional como o Brasil”, acrescenta.

O atirador citou o Brasil doze vezes no documento. Além das críticas à sociedade brasileira, Breivik mencionou o acidente com césio 137 em Goiânia, em 1987, como exemplo de contaminação de radioatividade. Ele buscou advertir os seus possíveis seguidores sobre o perigo de transportar bombas: “Seja extremamente cuidadoso quando lidar com material radiológico”.

O manifesto, intitulado A European Delaration of Independence - 2083 (Uma declaração de Independência Europeia – 2083) foi distribuído aos amigos de Breivik no Facebook (cerca de 7 000 pessoas) horas antes do massacre. Trata-se de um compêndio caudaloso de reflexões políticas, filosóficas, religiosas e sociológicas, um diário do período em que os atentados foram planejados e ainda uma fonte de informações sobre a vida privada do assassino, que emerge das páginas como um jovem perturbado e tomado por delírios de grandeza.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Um mês depois do primeiro campeonato de pipas noturnas (iluminadas por "leds"), um OVINI apareceu no céu da cidade de EMBU DAS ARTES

OVNI chama a atenção dos moradores de Embu e outras cidades da Grande São Paulo, Coincidência ou não, aparição aconteceu um mês depois do primeiro campeonato de pipas noturnas (iluminadas por "leds") de São Paulo

Moradores de Embu da Artes, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Campo Limpo e até da Capital, São Paulo, ou melhor o mundo ficou intrigado com o aparecimento de um objeto misterioso na noite de sábado (23/07) para domingo (24). O objeto que já ganhou o apelido de "Disco Voador de Embu das Artes" e invadiu a rede mundial de computadores a partir de postagens de diversos usuários do Youtube e outros serviços de vídeo, também foi flagrado por cinegrafistas profissionais de diversas emissoras.
Segundo as testemunhas, o objeto ficou visível nos céus durante um longo período. Há informações diversas a respeito, mas a maioria dos relatos aponta uma período que vai das 19 horas do sábado às 4 horas da madrugada de domingo. O Objeto Voador Não Identificado (OVNI) era composto por um círculo com pouco mais de uma dezena de luzes girando sobre um eixo central, também luninoso e de intensidade variável, de cor azul.
Um dos poucos especialistas a apresentar uma explicação para o fenômeno até o momento, Claudeir Covo, presidente do Instituto Nacional de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais, INFA, acredita que o objeto pode ser um balão junino ou mesmo um balão promocional, do tipo que fica ligado ao solo através de um sistema de cabos.
Esta não é a primeira vez que luzes noturnas chamam a atenção na cidade de Embu das Artes. Em fevereiro, outro vídeo, com uma resolução inferior e sem alcançar o sucesso dessa versão mais recente, também mostrava um objeto multicolorido fazendo evoluções.
Nas listas de Ufologia, é forte o movimento de especulação. Muitos vêem na inclinação aparente da estrutura com as luzes um indício de se tratar de algo preso ao solo por fios ou cabos.
O fato e que a semelhança com pipas noturnas, de grandes proporções, especialmente confeccionadas com luzes tipo "led" para criarem fantásticos efeitos visuais em exibições. Coincidentemente (ou não!), a exibição de Embu das Artes aconteceu um mês depois do primeiro "Kite In Night" em São Paulo, um campeonato de pipas noturnas que terá uma nova edição em setembro (informações aqui: http://www.pipas.com.br/home.htm).



A Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, está realizando Processo Seletivo Simplificado para contratação de Agentes Penitenciário para a cidade de ARCOS MG

 

O Processo Seletivo Simplificado para preenchimento de vagas e formação de quadro de reserva, regido pela Lei Estadual nº 18.185 de 4 de junho de 2009, Decreto nº 45.155, de 21 de agosto de 2009, e por este Instrumento Convocatório não se constitui em concurso público de provas ou de provas e títulos, como previsto no inciso II do artigo 37 da Constituição da República, nem a este se equipara para quaisquer fins ou efeitos.

Das Vagas:

  • Nível Superior: Analista Técnico Jurídico (1), Assistente Social (1), Enfermeiro (1), Médico Clínico Geral (1), Psicólogo (1);
  • Nível Médio: Agente de Segurança Penitenciário Feminino (6), Agente de Segurança Penitenciário Masculino (22), Auxiliar Administrativo (3), Auxiliar de Enfermagem (3);
  • Nível Fundamental (4ª série completa): Oficial de Serviços Gerais (2).

Da Inscrição:

Os candidatos ao quadro de reserva descrito neste Instrumento Convocatório deverão efetivar sua inscrição, no período do dia 25 a 28 de julho de 2011, observando o horário de encerramento da inscrição às 17h, do horário oficial de Brasília-DF, do dia 28 de julho de 2011, no site da Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), www.seds.mg.gov.br.

Vírus usa morte de Amy Winehouse e link falso do G1 para infectar PCs

Cantora Amy Winehouse morre aos 27 anos, no dia 23 de julho. Seu corpo é retirado de sua casa pela polícia de Londres (Foto: AFP)

Criminosos enviaram uma mensagem em massa prometendo uma foto exclusiva do corpo da cantora inglesa Amy Winehouse, que foi encontrada morta neste sábado (23) aos 27 anos. O e-mail aparenta ter um link para o G1, mas o link é falso e leva o internauta para outro site. A página oferece um arquivo malicioso para o usuário. Esse arquivo é um vírus ladrão de senhas bancárias.

Segundo a mensagem, “bebidas e drogas são vistas com clareza” na suposta foto. Na realidade, as causas da morte da cantora ainda são desconhecidas. O vírus não exibe a imagem prometida no e-mail.

Após ser executado, o vírus acessa uma página com um contador de acessos para registrar o número de vítimas da praga. Este contador registrava 18.637 vítimas por volta das 14h40 desta segunda-feira (25).

O especialista em segurança Fernando Amatte adverte que fatos marcantes são sempre aproveitados por criminosos, que tiram proveito da curiosidade dos internautas. “Sempre que acontece um fato jornalístico, de grandes proporções, e que envolve mistérios, os criminosos tentam abusar da natural curiosidade humana”, diz.

Segundo ele, o vírus já estava pronto antes do ataque e foi redistribuído com a “maquiagem” certa para aumentar o número de possíveis vítimas.

Presos fogem da Delegacia de Pontal

Sete presos fogem da Delegacia de Pontal

Sete detentos fugiram da Delegacia de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná, neste domingo (24).
Na noite deste domingo (24), 35 detentos dividiam o espaço destinado a apenas 14 presos.

A fuga ocorreu por volta das 18h30, quando o policial que estava sozinho na guarda dos presos, foi retirar o lixo.

A delegacia tem cpcidade para apenas 18 presos mas estava com 33 presos.

Na manhã desta segunda-feira (25), as polícias Civil e Militar fizeram busca em toda a cidade e nas rodovias de acesso ás praias. Às 9h20, dois detentos haviam sido recapturados.

Fuga do presídio Pascoal Ramos.

Fuga do presídio

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) informou, por meio de uma nota oficial, que será instaurado um inquérito criminal para apurar a fuga do assaltante de banco Severino Rodrigues da Silva. O meliante, fugiu, no domingo (24), pela porta da frente da Penitenciária Central do Estado. Nada de novo na nota da secretaria, até porque os responsáveis (?) não fazem mais do que a obrigação.

O duro mesmo vai explicar (se é que há uma explicação) como o bandido conseguiu burlar a vigilância, naquela que é considerada uma prisão de segurança máxima. E não é a primeira vez que bandido foge pela porta da frente do presídio de Pascoal Ramos.

sábado, 23 de julho de 2011

Integrantes do Falamansa se envolvem em acidente e uma pessoa morre

diminuator (1)Integrantes do Falamansa se envolvem em acidente e uma pessoa morre

Õnibus ficou destruído e teve de ser substituído para que a banda seguisse viagem para o RJ

Integrantes do grupo de forró Falamansa se envolveram em um grave acidente na BR-116, na Zona da Mata mineira, no início da manhã desta sexta-feira (22), e uma pessoa morreu. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a vítima, de 34 anos, que morreu na hora, bateu de frente com o ônibus da banda. Nenhum músico ficou ferido.

De acordo com a polícia, o homem dirigia sentido contrário quando perdeu o controle do carro, invadiu a pista e bateu de frente com o veículo maior. A suspeita é que ele tenha dormido ao volante. O corpo do motorista foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Muriaé, também na Zona da Mata. Os dois veículos ficaram bastante danificados.

Segundo o empresário do grupo, Fábio Cruz, os músicos voltavam de um show na cidade de Mutum, quando aconteceu o acidente. Como o ônibus ficou destruído, teve de ser substituído para que a banda seguisse viagem para o Rio de Janeiro.

Preso arrebenta tornozeleira de monitoramento e foge

Modelo de pulseira de monitoramento adotada em fevereiro (Foto: Reprodução/ TV Globo)

A Secretaria estadual de Administração Penitenciária do RJ (Seap) informou, nesta sexta-feira (22), que um condenado por tráfico de drogas que cumpria pena no Instituto Penal Vicente Piragibe, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, fugiu após arrebentar o lacre da tornozeleira eletrônica de monitoramento que usava. Segundo a Seap, ele tinha acabado de receber o benefício de prisão albergue domiciliar.

A fuga teria ocorrido no dia 8 de julho. Em nota oficial, a Seap informou que Jorge Alexandre Cândido Maria, o “Sombra”, foi visto pela última vez em Manguinhos, no subúrbio.

Preso desde 2003 e com passagem pelo Penitenciária Federal de Catanduvas (PR), Jorge Alexandre Cândido Maria foi transferido para o Instituto Penal Vicente Piragibe em maio de 2010. No dia 8 de julho, ele recebeu da Justiça o benefício de prisão albergue domiciliar com monitoramento eletrônico e desde então não foi mais encontrado.

Jorge Alexandre Cândido Maria é apontado pela polícia como um dos homens de confiança do traficante Fernandinho Beira-Mar, que cumpre pena na Penitenciária Federal de Catanduvas

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Aposentada de 81 anos é estuprada em Varginha

Aposentada de 81 anos é estuprada em Varginha

A polícia está atrás de um rapaz acusado de estuprar uma aposentada de 81 anos, moradora do bairro Vila Murah, em Varginha, no Sul de Minas, nessa quinta-feira (21). De acordo com a Polícia Militar, a vítima não conhecia o autor. A idosa foi encaminhada para o hospital e exames comprovaram o abuso.

A aposentada, que mora sozinha, contou aos militares que o homem invadiu a casa dela pelos fundos, após pular uma janela que estava com defeito. A mulher não soube dizer se o rapaz estava armado.

Após o crime, o acusado fugiu sem levar nada. A mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o hospital, onde após ser examinada, permaneceu em observação.

Segundo ela, o suspeito é alto, moreno e magro

Agente penitenciário da cidade de João Pinheiro MG foi preso na cidade de Santa Maria DF

Três homens foram presos no início da noite desta sexta-feira acusados de tentar furtar uma caminhonete em Brazlândia, no Distrito Federal. De acordo com a Polícia Militar, um dos suspeitos é agente penitenciário na cidade de João Pinheiro, no Estado de Minas Gerais.

De acordo com a PM, dois dos três suspeitos vieram da cidade mineira só para realizar o roubo. Eles teriam contratado, na cidade de Santa Maria (DF), o terceiro homem por R$ 300 para executar o crime. A dupla levaria a caminhonete S10 para Minas Gerais, onde entregaria para um receptor.

O homem contratado pela dupla foi preso em flagrante após o dono do veículo perceber a tentativa de furto e acionar um PM que estava próximo. A dupla, que também estava no local, fugiu em um Selta branco, que foi interceptado em uma barreira na BR-080.

O trio foi encaminhado para a 18ª Delegacia de Polícia e devem responder por tentativa de furto de veículo. O

Pena de Morte, perigo ou necessidade? parte 3

300px-Death_Penalty_World_Map.svg

Mapa de países com pena de morte Legenda:
Azul - Abolida para todos os crimes
Verde - Legalizada para crimes cometidos apenas em circunstâncias excepcionais (p.ex., crimes cometidos em tempo de guerra)
Laranja - Abolida na prática, mas legal
Vermelho - Pena de morte legalizada

 

A pena de morte, também chamada pena capital, é uma sentença aplicada pelo poder judiciário que consiste na execução de um indivíduo condenado pelo Estado.

Os criminosos condenados à pena de morte são geralmente culpados de assassinato premeditado.

Mas a pena também é utilizada hoje para reprimir espionagem, estupro, adultério e corrupção.(ainda bem que no Brasil a pena de morte não atinge os corruptos).

A pena de morte encontra-se em pombal morta e abolida para todos os crimes em quase todos os países da Europa e da Oceania.

Na América do Norte, foi abolida no Canadá e México e em algumas zonas dos Estados Unidos.

Na América do Sul, como a Argentina e o Brasil ainda mantém a pena de morte para alguns crimes, mas estes estão completamente fora da realidade do cotidiano dos cidadãos, como, por exemplo, traição em tempos de guerra.

Trinta e seis estados dos Estados Unidos, a Guatemala e a maior parte do Caribe, da Ásia e da África ainda mantêm a pena de morte para crimes comuns.

O caso de alguns países (como os em laranja no mapa) é bastante peculiar, pois legalmente mantêm a pena de morte mas já não executam ninguém há bastante tempo.

A pena de morte é atualmente uma forma de punição muito controversa. Os que lhe são favoráveis dizem que é eficaz na prevenção de futuros crimes e adequada como punição para assassinatos, eliminando a ameaça que para a sociedade representa quem não respeita a vida alheia.

Os opositores dizem que não é aplicada de forma eficaz e que, como consequência, são anualmente executados vários inocentes. Afirmam também que é uma violação dos direitos humanos.

Em 18 de dezembro de 2007, a Assembleia Geral das Organização das Nações Unidas aprovou, por 104 votos a favor, 54 contra e 29 abstenções, uma moratória da pena de morte. A proposta de moratória foi formulada pela Itália e endossada inicialmente pela União Europeia.

O documento adverte claramente os países que aboliram a pena de morte a não a reintroduzirem. Este fato mereceu manchetes no mundo inteiro, mas foi pouco noticiado pela mídia brasileira.

Goleiro usou telefone de penitenciária para "namorar"

Foto do casal durante encontro em 28 de junho, na Assembleia Legislativa

"É a Ingrid? Só um momento, por favor, aqui é da Nelson Hungria e vou transferir". Alguns segundos após a musiquinha chata de espera, começa a conversa melosa de um casal. Mas não é um casal qualquer. Do outro lado da linha, como um chefe à espera do serviço solicitado à secretária, surge Bruno, goleiro do Flamengo, hoje um detento da Penitenciária Nelson Hungria.


O fato absurdo aconteceu às 16h49 de uma terça-feira, dia 2 de dezembro de 2010. Como presidiário, Bruno não deveria ter acesso ao telefone.

A história, devidamente registrada em escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, mostra-se ainda mais escandalosa porque revela que para bater papo com a noiva, o jogador não precisou recorrer a um esquema comum nos presídios: o acesso ilegal a um celular.

Foi retirado da cela e devidamente conduzido por um agente a uma sala onde usou o telefone corporativo do presídio. Bruno falou por 11 minutos e 59 segundos com a noiva, a dentista Ingrid Oliveira, uma mulher carente que só aceita encerrar a ligação depois que o noivo argumenta que terá que fazer outros telefonemas. presume-se, devidamente autorizados e realizados por funcionários do presídio.

Fonte: O tempo

Bruno reage às declarações de Macarrão

 

A amizade aparentemente inabalável entre o goleiro Bruno Fernandes de Souza, de 26 anos, e Luiz Henrique Romão, o Macarrão, de 25, ameaça ruir. Cláudio Dalledone, advogado do atleta, afirma que a relação está estremecida e adianta que seu cliente falará novamente em juízo para esclarecer pontos cruciais sobre o suposto sequestro e assassinato da ex-amante do atleta Eliza Samudio, na época com 25 anos. O criminalista garante que Bruno fará revelações com potencial para “mudar os rumos do processo”. Wasley César Vasconcelos, defensor do antes intitulado melhor amigo do goleiro, apesar de confirmar que os dois não se falam desde que foram separados de cela na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Grande BH, em 6 de maio, não vê uma ruptura, mas “desentendimento jurídico” entre os criminalistas que atuam no processo. Para Vasconcelos, a estratégia coordenada das defesas de Bruno e Macarrão, adotada desde que a história veio à tona, em meados de 2010, terminou de vez e agora é cada um por si.

Agentes e detento acusados de tortura em presídio da Papuda, em Brasíla

Um agente da Polícia Federal, dois agentes penitenciários e um detento foram acusados de praticar tortura no Núcleo de Custódia da Polícia Federal (PF), localizado no Presídio da Papuda, em Brasília.

A denúncia criminal foi apresentada no ano passado pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF), e agora, o órgão entrou com quatro ações civis públicas para pedir a perda da função pública, suspensão de direitos políticos e pagamento de multa dos envolvidos.

A Justiça determinou que o chefe do Núcleo de Custódia da Superintendência da Polícia Federal no DF, Avilez Moreira de Novais, fosse afastado do cargo. As investigações apontaram que os maus-tratos começaram após os presos reclamarem das condições do presídio durante inspeção do MPF no complexo penitenciário em abril de 2010.

As reclamações dos presos geraram retaliações como castigos físicos e humilhações. De acordo com as investigações, o detento provisório envolvido atuava sob comando de Novais e recebia regalias para agredir outros presos.

Entre as ilegalidades relatadas, estão corte arbitrário de visitas e de banho de sol; supressão de colchões e itens de uso pessoal, fornecimento de água para beber misturada com detergente, uso de spray de pimenta contra os detentos, negativa de atendimento médico. Além disso, pelo menos em duas ocasiões, os detentos foram obrigados a vestir somente cuecas sem nenhum motivo para isso.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Carteiras escolares reformadas por presos da Penitenciária Central do Estado do PARANÁ

Governo entrega carteiras escolares reformadas por presos da Penitenciária Central do Estado

O governador em exercício Flávio Arns entregou nesta quinta-feira o segundo lote de carteiras escolares reformadas por presos da Penitenciária Central do Estado, a PCE.

São 60 unidades, repassadas para a Escola Estadual Ivanete de Souza, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, como parte de um projeto piloto do governo estadual que estimula os presos a trabalhar e estudar, em troca de redução na pena.

Macarrão diz que sangue em carro de Bruno era de Eliza

 

O detento Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, admitiu na quarta-feira que o sangue encontrado no carro do goleiro Bruno era de Eliza Samudio, de cujo desaparecimento ele é um dos suspeitos de envolvimento. A afirmação foi feita em entrevista ao deputado estadual Durval Ângelo (PT-MG), da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que visitou Macarrão no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem. A conversa foi gravada pela emissora de televisão da Assembleia Legislativa mineira.

Alertado por Durval de que as provas que apontam que Eliza esteve no carro do goleiro Bruno antes de desaparecer eram muito fortes, Macarrão garantiu nunca ter negado que o sangue encontrado no veículo era dela. "Nunca mentimos esse negócio do sangue. Nunca mentimos que o sangue que estava lá era de Eliza. Não falei porque meu advogado nunca deixou, não porque não quis. Eu sempre quis falar", disse o amigo de Bruno.

Macarrão também reclamou do tratamento que recebe na prisão, afirmando que é uma "carta marcada". "Infelizmente, aqui dentro sou uma carta marcada. Tudo é mais difícil comigo", lamentou. Apesar disso, no vídeo divulgado, ele negou que tenha tido problemas com outros detentos ou que tenha sido ameaçado.

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos presta homenagem à memória de agente penitenciário Wesley da Silva Santos

 

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) realizou no início da noite de quarta-feira (20.07), um culto ecumênico em homenagem a memória do agente penitenciário Wesley da Silva Santos. A cerimônia foi celebrada na sede da Secretaria e reuniu além dos gestores e servidores da Pasta, familiares do homenageado e representantes do Sindicato do Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sindispen), Conselho Penitenciário e Associação dos Familiares Vítimas de Violência (AFVV).

Durante a cerimônia foi entregue à mãe do agente, dona Dirce Maria da Silva, uma placa em lembrança ao homenageado oferecida pelo secretário Paulo Lessa e também um uniforme personalizado do agente penitenciário.

“Wesley tinha o sonho de servir ao Estado de Mato Grosso e fazer carreira como agente penitenciário e por uma fatalidade, faleceu precocemente durante um conflito com reeducandos na Penitenciária Central do Estado (PCE) no último dia 20 de junho”, lembrou Genilto Nogueira, secretário adjunto de Direitos Humanos. Ele ressaltou que a cerimônia representava um marco para a Sejudh por sinalizar um novo momento na relação entre os servidores públicos e seus familiares, vítimas de violência, que passam a contar com a atenção e proteção dos Direitos Humanos.

De acordo com Genilto Nogueira o trabalho dos Direitos Humanos junto ao sistema prisional do Estado está centrado em três colunas de ações. Uma assiste os reeducandos e seus familiares, outra atende os servidores do sistema e seus familiares e a terceira se estende aos cidadãos vitimados pela violência e também seus familiares. Ele destacou que nos três segmentos há necessidade de assistência, acompanhamento e proteção. “As medidas visam harmonizar a sociedade e contribuir com a redução da violência”, argumentou.

Presente na cerimônia o secretário adjunto de Administração Penitenciária, tenente coronel Clarindo Alves de Castro, afirmou que o evento colocava em evidência a solidariedade do Governo do Estado e da sociedade. “Para nós a perda é grande e a consternação é conjunta”, revelou. O presidente do Sindispen, João Batista Pereira, também considerou o evento um marco. De acordo com ele essa era a primeira vez que presenciava uma ação dessa natureza em homenagem a um servidor. “Com essa atitude a Sejudh mostrou que os Direitos Humanos são para todos realmente”, afirmou.

Também prestigiaram a cerimônia gestores e servidores da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), entre eles, os secretários adjuntos Alexandre Bustamante dos Santos e Wilquerson Felizardo Sandes. A homenagem póstuma ao agente penitenciário foi proposta pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos e realizada em conjunto com a superintendência de Gestão de Pessoas do Núcleo Sistêmico da Sejudh e Sesp, através do Programa Qualidade de Vida.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

É possível ser investidor de sucesso na bolsa de valores, com 3 mil reais

Com valor inicial de 3 mil reais, é possível ser investidor de sucesso na bolsa de valores

 

“A bolsa não é um cassino ou um local onde as pessoas fazem coisas mirabolantes. É local onde se negocia empresas”

 

Dinheiro não nasce em árvores e a poupança não tem dado mais tanta rentabilidade. Quem vive pensando em 'fazer dinheiro' precisa abrir a mente e migrar para outros investimentos. Muitas pessoas preferem as opções de rendas fixas tradicionais como os Certificados de Depósitos Bancário (CDB), fundos de investimentos e títulos do tesouro direto vendidos por bancos, esquecendo das possibilidades na Bolsa de Valores, por medo de arriscar dinheiro e por falta de tempo.

De acordo com Lucas Leal, sócio-diretor da empresa de educação financeira e investimentos Office Investimentos, o mercado está muito democrático, pois todos os produtos estão acessíveis aos pequenos investidores e não é preciso ter fortunas para investir. “São 610 mil investidores, no Brasil, e chegará a cinco milhões em todo o país até 2014”, diz.

“As pessoas precisam começar a pensar no seu dinheiro e desejar que ele cresça no futuro e isso só é possível com um bom conhecimento e capital para investir”, diz Lucas.

E esse foi o pensamento do estudante de Educação Física e nadador, Maurício Gaspar, de 20 anos. O jovem começou a se interessar por investimentos e bolsa de valores quando morou, por dois anos, em Belo Horizonte. Ele ouvia muitas conversas, no grupo de amigos que já investiam, sobre o mercado financeiro. "Fiquei interessado em conhecer melhor, esse ano procurei um curso e já comecei a investir".
Maurício procurou uma instituição de educação financeira, em Salvador, e fez um curso no mês de janeiro. No mesmo período, um amigo fez entradas na bolsa e teve bons rendimentos, o que aumentou ainda mais o interesse do estudante em iniciar as operações na bolsa. “Comecei com R$ 3 mil. Na minha primeira atuação tive algumas perdas, por falta de experiência. Vendi minha ação, por orientação da corretora, mas hoje estudando mais percebo o erro", diz. Segundo o jovem, a ação tomou proporções tentadoras e se não houvesse vendido estaria lucrando muito, pois a empresa está super valorizada.

Recentemente, o estudante comprou duas ações de grandes empresas e, desta vez, pretende agir com cautela e estratégia para conseguir bons lucros. "Vendo os gráficos, percebo que está oscilando, mas tracei estratégias para vender no melhor momento", diz.

Medo, falta de dinheiro e de incentivo à cultura de investimento contribuem para que poucos brasileiros se interessem por esse tipo de comportamento. De acordo com o gerente comercial da corretora Um Investimentos, José Luís Lomanto, no Brasil, menos 1% da população investe em Bolsa, enquanto nos Estados Unidos 90% já está habituada a fazer esse tipo de operação.

No Japão, cerca de 70%, e na Europa 40%."É cultural, mas também econômico. Quando ele quer mais do que a poupança oferece, começa a despertar desejos e, consequentemente, a busca por novas formas de investir", comenta.

"Investir em ações é mais simples do que se imagina mas não é fácil. É preciso ter experiência para enfrentar o mercado", diz José Luis.

Nesse meio há muitas siglas e termos técnicos que exigem uma noção básica para começar as transações. Várias empresas e escolas formam investidores, mas para quem cai nesse ramo há três regras essenciais: estar antenado com as novidades, utilizar muito bem a internet e, principalmente, pensar na acumulação de patrimônio.

O indivíduo que chega à bolsa vai ser estimulado a investir e, segundo o consultor Lucas, é importante entender de planejamento, saber o que é conta receita, ficar atento à quantidade de sobra de equação e, também, quais são as taxas disponíveis e o riscos.

Mas, qual é o caminho certo para investir na bolsa de valores?

1º Passo: Ter dinheiro para investir. O  indicado é R$ 3 mil, eu começei com R$2,5 pois, é preciso que os lucros do montante investido justifique, ao menos, os custos das transações. “Caso o valor investido seja menor que esses, os valores das taxas vão pesar significativamente na operação”.

2º Passo: Ter uma formação básica. O novo investidor precisa entender o que é o negócio. O ideal é fazer alguns cursos para conhecer os termos técnicos e entender melhor a dinâmica de uma bolsa de valores. Algumas corretoras oferecem esses cursos gratuitos e, caso o indivíduo resolva fazer operações pela empresa, disponibilizam, também, o serviço de assessoria. No site da Bovespa dá para fazer cursos online e gratuitos. Vale a pena, nesta fase, usar jogos e simuladores virtuais. “Ajudam muito, mas não são o suficiente. Eles contribuem para experimentar o mercado e até despertam o interesse em ser ativo na Bolsa. Nesse sentido, os jogos são válidos. O novo investidor precisa ser orientado por profissionais que já conhecem o mercado.

3º Passo: Ter um intermédio. O investidor não pode comprar ações diretamente sem o intermédio de uma corretora. É neste momento que ele precisa eleger uma de confiança para auxiliar as operações. Existe uma lista com todas as empresas na página do Bovespa na internet. Sendo cliente delas, se criará uma conta investimento (que não oferece a função de saque) e passará a negociar valores e comercializar ações no sistema da Bovespa (home broker). Caso opte por um banco, é ele quem vai decidir quando e como será investido. O que diferencia o perfil das corretoras são só os serviços que oferecem. Algumas dão ao associado ferramentas e serviços adicionais suficientes para que ele mesmo opere no home broker. A cobrança por essa assessoria varia de corretora.

4º Passo: Definir as operações. É preciso traçar sua estratégia na Bolsa escolhendo se é um investidor de curto, médio ou longo prazo. As ações de curto prazo estão compreendidas entre seis meses e um ano. Médio prazo ultrapassa o período de um ano. E longo prazo são para objetivos mais longas e investidores que querem mais que pequenos lucros em poucos meses. Após esta definição, inserido e cadastrado no sistema, começam as indicações de operações, mas é preciso aguardar o momento apropriado para 'fechar'.

5º Passo: Acompanhamento de mercado de disciplina financeira. Seu dinheiro “está em jogo”, então a partir do conhecimento básico que você já conquistou poderá fazer suas primeiras entradas na bolsa.Cada estratégia tem sua necessidade específica. Se você optou por ações de curto prazo, para obter lucros rapidamente, é preciso acompanhar diariamente as transações realizadas na bolsa, o que está disponível para compra e o que você pode ofertar, criando assim oportunidades. Os investidores de médio e longo prazos não precisam ficar o tempo todo online. Além disso, é bom conhecer o histórico do mercado e saber ler os gráficos para não cair em operações de grande risco.

* A movimentação de até R$ 20 mil por mês são isentas de imposto de renda.
* Exceto a caderneta de poupança, não há investimentos sem custos.
* A Bovespa desenvolveu alguns simuladores para mostrar aos investidores e os iniciantes, na prática, como funciona o mercado de ações.

Agentes penitenciários ameaçam paralisação contra nova carga horária

Agentes penitenciário podem paralisar atividades

O clima está tenso na tarde desta terça-feira, 19, no Sistema Prisional de Alagoas, onde dirigentes do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen) discutem com a categoria a entrega dos cargos de direção e uma paralisação de advertência no próximo sábado, por 48 horas.

Alan Leite, vice-presidente do Sindapen, explicou que a categoria está insatisfeita com a determinação da Superintendência Geral de Administração Penitenciária (Sgap) e do Conselho de Segurança em aumentar a escala de serviço dos agentes de 160 horas para 196 horas mensais e, consequentemente, diminuir a folga.

“Estamos conversando com os agentes que ocupam cargos de diretoria no sistema para entregarem os cargos em protesto contra essa medida, que é ilegal, uma vez que prestamos concurso para trabalhar 160 horas, e não 190 horas mensais”, explicou Alan, acrescentando que a Sgap não justificou a mudança.

Segundo o vice-presidente, hoje, além das 40 horas semanais, um agente trabalha 24 horas em regime de plantão e folga 96 horas, mas, com a mudança, a folga cairia para 72 horas.

A categoria também voltou a criticar a existência de prestadores de serviço não qualificados trabalhando no sistema prisional, inclusive na remoção de presos. “São ‘chumbetas’ que usam armas de grosso calibre sem nenhum treinamento e sem experiência”, desabafou Leite.

A assessoria de Comunicação da Superintendência Geral de Administração Penitenciária informou, irá divulgar uma nota à imprensa explicando as razões para a mudança na escala de serviços dos agentes

Detentos furam parede para tentar fugir de presídio de Mato Grosso

Três detentos tentaram escapar da cadeia anexa à Penitenciária da Mata Grande, que fica em Rondonópolis, a 218 quilômetros de Cuiabá. Eles foram flagrados quando ainda estavam dentro do pátio da penitenciária.

De acordo com a Polícia Militar, que ajuda a fazer a segurança do local, os três foram recapturados antes de chegar no muro da cadeia. “Tem um banheiro ligado ao anexo. Eles furaram essa estrutura e a fuga foi identificada quando eles já estavam do lado de fora da cela”, explica o Tenente Milton Rodrigues Correia.

Depois da tentativa de fuga, a recontagem dos presos foi realizada e os reeducandos que tentaram fugir foram encaminhados para o isolamento.

Sete mortos em motins nos presídios venezuelanos

Sete mortos em motins nos presídios venezuelanos

CARACAS — Pelo menos seis detentos foram mortos na noite de terça-feira no presídio de San Felipe, localizado no estado venezuelano de Yaracuy, durante uma confronto que deixou 17 feridos, informou Oswaldo Cardozo, secretário de Segurança local.

Já no Centro de Detenção de Cabimas, no Estado de Zulia, um outro homem morreu durante uma briga entre detentos, afirmou Odalis Caldera, secretária de Segurança regional, ao canal de notícias Globovisión.

O incidente, iniciado depois que um preso colocou fogo na cela para vingar-se de um outro interno, também deixou outros 16 feridos, de acordo com Caldera.

Há uma semana o Governo venezuelano pôs fim a um motim no presídio de El Rodeo, onde cerca de mil detentos rebelaram-se por quase um mês, causando a morte de 30 pessoas. Este foi o mais sangrento episídio do sistema carcerário venezuelano nos últimos 10 anos.

Pena de Morte, perigo ou necessidade? parte 2

10 assassinatos cometidos por crianças

Uma série de assassinatos cometidos por crianças foram registrados ao longo dos anos.

Entretanto, o que acontece se uma criança inocente e de aparência vulnerável é o responsável pelo sequestro e assassinato em sua vizinhança?

Você acreditaria nas acusações feitas a alguém tão jovem? Poderia uma criança realmente cometer tais crimes? 

Estes não são crimes típicos, como roubar brinquedos de um amigo, um colega de escola ou  o atual e famoso bullying. São crimes realmente graves cometidos com muita frieza por jovens, muito jovens...

10- Eric Smith

screen-shot-2011-05-14-at-1-38-40-pmAos 13 anos, Eric Smith era tímido, usava óculos de lentes grossas, possuía sardas, cabelos ruivos longos e uma outra característica: Ele tinha salientes orelhas alongadas.
Acreditava-se ser um efeito colateral de remédios que sua mãe tomava para controlar sua epilepsia quando ela estava grávida.

A polícia acusou Smith de assassinato de um menino de quatro anos chamado Derrick Robie. A criança tinha sido estrangulada e pedras grandes foram jogadas sobre sua cabeça e tinha sido também abusada com um pequeno bastão.  Quando perguntado por que ele fez isso, Smith não deu uma resposta que pudesse convencer.
Um psiquiatra diagnosticou Smith com transtorno explosivo intermitente, uma condição na qual uma pessoa não pode controlar a raiva interior. Smith foi condenado e foi para a prisão. Ele está na prisão há seis anos e foi negado liberdade condicional por cinco vezes.

 

9- Joshua Phillips

Josh-Phillips-1998

O que começou como uma simples faxina, terminou com a condenação de um rapaz de 14 anos chamado Joshua Phillips. Sua mãe foi limpar seu quarto uma manhã após Phillips ter ido para a escola.
Foi quando ela percebeu uma mancha molhada debaixo da cama de seu filho e pensou que era um vazamento de cano.Ela colocou a mão debaixo da cama e sentiu algo frio.
Ligou uma lanterna que lhe mostrou o cadáver de Maddie Clifton, um vizinho de 8 anos de idade, que havia desaparecido há sete dias.
Pessoas da comunidade, especialmente pais do menino, mal podiam acreditar que ele poderia ter matado Clifton. Phillips inclusive, foi um dos vizinhos que se ofereceram para procurar a menina desaparecida.
Como ele era menor de 16, Phillips não foi classificado para a pena de morte. Ele foi condenado e sentenciado à prisão perpétua, sem possibilidade de libertação. Phillips não disse quais foram seus motivos para matar Clifton.
Ele disse que acidentalmente atingiu-a nos olhos com um taco de baseball, e depois arrastou-a para o quarto onde ele esfaqueou-a, mas o júri não se convenceu sua história.

8- George Stinney

George-Stinney-JR1.Em 16 de junho de 1944, os Estados Unidos estabeleceu um recorde quando executou George Stinney (14 anos), a pessoa mais jovem a ser legalmente executada nos EUA durante o século XX.
George foi condenado pelo assassinato de duas meninas. Betty Binnicker (11) e Maria Emma Thames (8) que foram encontradas em um buraco cheio de lama.

As meninas sofreram fraturas graves em seus crânios, infligidos por uma barra de ferro encontrada a alguma distância. George confessou o crime e disse que queria fazer sexo com Betty, mas acabou matando as meninas.
Ele foi julgado e condenado à morte na cadeira elétrica. O caso não foi objeto de recurso porque sua família não tinha dinheiro para pagar por uma continuação do processo.

7- Lionel Tate

Tate

O que poderia ser apenas uma jogo normal na TV levou à morte uma menina de seis anos chamada Tiffany Eunick.  Kathleen Grossett-Tate era a babá de Tiffany e trouxe-a para sua casa uma noite.
Ela deixou Tiffany com seu filho Lionel de 14 anos, para assistir a televisão e subiu para o andar de cima . Por volta das 10:00 da noite ela gritou com os dois para ficarem quietos, mais não foi verificar porque de tanto barulho, pensando que eles estavam apenas brincando.
Quarenta e cinco minutos depois, Lionelchamou por sua mãe e disse-lhe que a menina não estava respirando. Ele explicou que ela havia batido a cabeça sobre a mesa. A polícia foi chamada e um médico legista informou que a causa da morte foi devido a uma pisada forte que dilacerou o fígado de Tiffany.
Além disso, os especialistas atestaram que a menina sofreu um traumatismo craniano, fraturas nas costelas, inchaço no cérebro causados por um espancamento que durou mais ou menos 5 minutos, e também foram constatados 35 outras lesões.
Tate mudou sua declaração mais tarde e disse que ele saltou sobre ela a partir da escada. Tate foi condenado a prisão em regime fechado, sem liberdade condicional em 2001, mas sua sentença foi anulada com base que não foi concedida uma audiência para avaliação mental nem antes ou durante o julgamento. Ele foi solto em 2004 com 10 anos de liberdade condicional ".

6-  Barry Dale Loukaitis

Screen Shot 2011/05/14 Na 1.44.56 Pm
Em 2 de fevereiro de 1996, a Frontier Middle School foi devastada por vários tiros que ocorreu numa aula de álgebra. Ele tirou a vida de três pessoas (dois alunos e um professor) e causou uma lesão grave em um aluno. O acusado era um menino de 14 anos chamado Barry Loukaitis Dale, que teve pensamentos loucos antes do tiroteio. Barry estava vestido de preto como um pistoleiro do Velho Oeste e armado com um rifle calibre 30, uma pistola calibre 357 e uma pistola calibre 25, que pertencia a seu pai. Os estudantes foram mantidos reféns por 10 minutos antes de um professor de ginástica dominar o menino.
Acreditava-se que, além de um histórico de doenças mentais e problemas disfuncionais em sua família, Barry foi influenciado pela música do Pearl Jam e o vídeo "Jeremy". O vídeo mostra um jovem problemático que comete suicídio na frente de seus colegas e professor. Também foi relatado que ele disse: "Esta álgebra está certa não é?" Quando viu seus colegas em pânico. Esta é uma citação de um romance de Stephen King em que o protagonista mata dois professores e mantêm reféns na aula de álgebra. Barry está cumprindo duas penas de prisão perpétua, com um adicional de 205 anos de prisão.

5- Craig Price
Craig Imagem Preço [2]
Joan Heaton (39), junto com suas duas filhas, Jennifer (10) e Melissa (8), foram encontrados sem vida, encharcados de sangue e brutalmente assassinados em sua casa em 4 de setembro de 1989. Eles foram esfaqueados tão ferozmente que a faca quebrou no pescoço de Melissa. A polícia informou que Joan tinha cerca de 60 facadas, enquanto as meninas tinham cerca de 30.
As autoridades acreditam que um roubo foi o principal motivo do suspeito ter entrado na casa. A faca utilizada foi da cozinha dos Heaton e as mulheres tinham, possivelmente, pego o suspeito em flagrante e lutaram contra ele. Acreditava-se também que o ladrão deveria ser alguém da vizinhança de Heaton, e que teria obtido um corte ou ferida na mão, devido à força e o número de vezes que as vítimas foram esfaqueadas.
Craig foi flagrado pela polícia com um curativo em sua mão, mas disse que havia quebrado a janela de um carro. A polícia não acreditou em sua  história. Eles investigaram-no e depois foi encontrado uma faca, luvas e outros itens com sangue quando vasculharam o quarto de Craig. Ele admitiu o crime e um outro assassinato que tinha ocorrido no bairro há dois anos. As autoridades já suspeitavam dele neste assassinato porque foi semelhante ao Heaton e tinha começado como roubo.Craig foi julgado e condenado antes de seu aniversário de 16 anos, e ainda está na cadeia.

4- Graham Young

Jovem
Em uma determinada idade, Graham Young era fascinado por química, particularmente por venenos e seus efeitos sobre as pessoas. Seu interesse era sempre idolatrar assassinos como o Dr. Hawley Crippen, Palmer William, Adolf Hitler e outros.  Young começou suas experiências com venenos quando tinha 14 anos.
Ele normalmente mentia sobre sua idade e explicava para o vendedor que precisava comprar o veneno para um trabalho escolar de química e assim  pudesse comprar os produtos químicos que precisava. Sua família e amigos foram suas vítimas. Seu pai, ao adoecer, inicialmente pensou que a doença era causada por algum tipo de vírus. Em seguida, a "aparente doença" atingiu sua esposa e filha.  Todos sofriam de vômitos contínuos, diarréia e dores de estômago. Em 1962, a mãe da madrasta de Young morreu de envenenamento.
Uma vez ele se tornou uma vítima de seu próprio veneno quando ele comeu um alimento em que ele havia colocado veneno.Young foi preso quando seu professor investigou sua carteira uma noite depois da aula, com a suspeita sobre as experiências de Young . O professor descobriu venenos, notícias sobre prisioneiros famosos, e desenhos de pessoas morrendo.
Estas revelações levaram o professor a chamar a polícia. Young foi enviado a um clínica de segurança máxima, mas isso não o impediu de envenenar o pessoal do hospital e colegas de cela (um dos quais morreu). Seu conhecimento era tão amplo que poderia extrair cianeto de folhas de um arbusto de louro.
Young foi solto quando tinha 23 anos e foi morar com sua irmã. E continuou envenenando suas vítimas que na maioria das vezes eram colegas de trabalho. Young foi enviado de volta para a prisão e acabou morrendo lá mesmo.

3- Jesse Pomeroy

Jesse Pomeroy
Jesse Pomeroy, nascido em 29 de novembro de 1959, em Charlestown, Massachusetts, foi citado como o mais jovem condenado por assassinato, em primeiro grau, na história de Commonwealth of Massachusetts.  Pomeroy começou seus atos cruéis contra crianças, quando ele tinha 11 anos.
Ele havia pegado e prendido sete crianças em um local escondido onde ele usava uma gravata para torturá-los, usando também uma faca ou espetando pinos em sua pele. Ele foi capturado e enviado para um reformatório, onde ele deveria ficar até que ele tivesse 21 anos, mas foi solto depois de um ano e meio por bom comportamento.
Depois de três anos, ele havia mudado de mal a pior. Ele seqüestrou e matou uma menina de 10 anos de idade, chamada Katie Curran, e também foi acusado do assassinato de um menino de quatro anos, cujo corpo foi encontrado mutilado em Dorchester Bay.
Embora haja uma falta de evidências que podem ligar conclusivamente a Pomeroy a morte do menino, ele foi condenado pela morte de Katie, quando a polícia encontrou o corpo no porão da loja de roupas da mãe de Pomeroy. Ele foi condenado à prisão perpétua, e cumpria a pena em isolamento total. Morreu de causas naturais na idade de 72 anos.

2- Jon Venables e Robert Thompson

Venables Thompson
A mãe de James Bulger de apenas 2 anos deixou-o esperando-a  na porta do açougue aonde fazia compras porque não levaria muito tempo para retornar já que não havia fila no açougue. Mal ela sabia que seria sua última vez que ela iria ver o filho vivo.
Jon e Robert, que estavam no mesmo shopping que os Bulgers, estavam participando de suas atividades habituais: ficar pulando, passear na lojas, roubando as mercadorias quando os vendedores viravam as costas, e subindo em  cadeiras nos restaurantes, até que eram expulsos. Os meninos então viram James e tiveram a idéia de pegá-lo e empurrá-lo para cima de um veículo.
Foi relatado que os meninos já haviam tido uma tentativa semelhante anterior com um menino antes de James, que falhou porque a mãe percebeu o desaparecimento do filho e encontrou-o antes que pudessem levá-lo para fora.
Durante sua caminhada de três quilômetros, os meninos de 10 anos de idade deram socos e chutes em James. Alguns dos atos foram vistos por transeuntes que ignoraram a cena, pensando que eles eram apenas dois irmãos mais velhos, que não sabiam como cuidar de seu irmão mais novo.
Jon e Robert James trouxeram-no para a estrada de ferro local, onde jogaram tinta no olho esquerdo do menino, atiraram pedras contra ele, espancavam-no com tijolos, e bateram na cabeça com uma barra de ferro. Eles também o agrediram sexualmente e colocaram o seu corpo sobre a estrada de ferro, cobrindo a cabeça com tijolos pensando que ele já estivesse morto. Foi relatado que James morreu pouco antes de um trem atingí-lo.

1- Mary Bell

Tumblr L04Opfhhrt1Qztxibo1 250
Brian Howe foi encontrado morto e coberto com mato, dias depois da morte de Martin Brown, que morreu de asfixia. Seu cabelo foi cortado, marcas de punção foram encontrados em suas coxas, e a pele dos seus órgãos genitais foram parcialmente retirados. Além destas marcas e lesões, uma letra "M" tinha sido impresso em seu estômago. Este era originalmente um "N", mas Mary acrescentou uma linha para torná-la como uma "M."  O menino de três anos de idade, tinha sido estrangulado até a morte. Quando a investigação começou, Mary Bell confessou os crimes.
Ela pensou por um longo tempo que seu pai era Billy Bell, um criminoso local, que tinha sido preso por assalto à mão armada, mas seu pai biológico é desconhecido até hoje. Mary afirmava que sua mãe, Betty, que era uma prostituta, a forçava a praticar atos sexuais com homens, que eram clientes particulares de sua mãe com a idade de quatro anos.
Mary foi presa após seu julgamento, mais era muito jovem para ser ficar em uma  prisão e muito perigosa para ser mantido em um hospital  psiquiátrico ou uma instituição que abrigasse crianças perturbadas.  Sua mãe por várias vezes vendia informações da história de Maria à imprensa no momento do julgamento e condenação da filha. Maria tinha apenas 11 anos na época. Ela foi solta depois de 23 anos.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Menor invade casa, tenta estuprar mulher e acaba espancado na Serra

Um menor de 17 anos foi encontrado pela Polícia Militar do Espírito Santo, amarrado e com sinais de agressão em uma casa no bairro Jardim Carapina, na Serra, nesta  terça-feira (19). Testemunhas disseram à polícia que o rapaz teria entrado na residência para assaltar os moradores e tentado estuprar uma mulher. Os vizinhos ouviram os barulhos, entraram na casa e espancaram o menor.

De acordo com a polícia, o rapaz teria pulado o muro da casa às 3h da madrugada, quebrado o vidro da porta e conseguido entrar. Ele estava com uma arma caseira, um serrote com dois canos de alumínio, quando anunciou o assalto ao casal que mora na residência. A intenção do rapaz era assaltar a casa e estuprar a mulher.

Segundo a polícia, o menor teria amarrado o homem e, em seguida, levado a mulher até o banheiro para tentar estuprá-la, mas não conseguiu. O marido teria conseguido se soltar das cordas e impedido a ação do rapaz. A polícia disse que os dois entraram em luta corporal. Os vizinhos ouviram os gritos e ajudaram o homem a espancar o menor. Ainda de acordo com a polícia, o menor foi amarrado e espancado até a chegada dos militares.

O marido teve a perna quebrada e o menor ficou muito machucado. Os dois foram levados para o hospital Dório Silva, na Serra. A mulher não sofreu ferimentos.

clip_image001

“Bem meus amigos, podem me crucificar, podem até me prender, mais minha opinião eu tenho que expressar, acho que após a luta corporal e o proprietário da casa ter ficado com a perna quebrada e o menor apenas” muito machucado” e pouco não devemos ser hipócritas, somos grandes, já crescemos, e estamos amedrontados por uma porcaria de politica de Direitos Humanos cuja premissa baseia-se nas doutrinas dos Estados Unidos, será que os políticos Nacionais não podem ser autônomos, existem documentos Secretos que a população não possui acesso, somente poucos podem ter o privilégio de ler, será que ninguém percebe que somos obrigados a viver os ditames dos Estados Unidos, meus amigos, no “brasil” vivemos minusculamente pressionados por uma politica sem Direitos Humanos, devemos lutar por um “BRASIL” onde os criminosos e perversos sejam punidos com verdade, vamos e venhamos, se no “brasil” um Diretor Prisional Obrigar um prisioneiro a usar uma coeca cor de rosa os F..D..P.. dos Direitos Humanos vem matando e punindo.

O ECA e muito bonito, mais no que deveria ser efetivamente respeitado, não acontece, muitas crianças estudam em escolas sucateadas, recebem um péssimo atendimento medico e hospitalar e cadê o Direito humano, você sabia que desde o ano de 2000 varias crianças foram condenados a morte por crimes, e acreditem o pais mundial hoje dos Direitos Humanos, Pai que “defende” o direito a soberania nacional de países, que busca acabar com a tirania em países dos ditos países de segundo e terceiro mundo, e um dos assassinos de crianças.

Desde o ano de 2000 cinco países condenaram crianças e jovens com a pena de morte e a efetivaram.

clip_image003[4]1- Estados Unidos, 9 crianças

2- Irã, 5 crianças

3- China, 2 crianças

4- República Democrática do Congo, 1 criança

5- Paquistão, 1 criança

Filipinas e Sudão têm crianças condenadas mas não procederam à sua execução.

O que acho de fato, é que diante da banalidade em que está se tornando o crime, a sociedade ,que somos nós, tem que repensar tudo. Parar um pouco de jogar a culpa somente nos governantes e nos culparmos um pouco também, pela nossa inércia, pelos pequenos delitos, no trânsito, na Lei de Gerson, pela nossa passividade, pelo nosso desinteresse em refletir por que a gente vive assim e não muda.

Pena de Morte, perigo ou necessidade? parte 1

CONCEITO E HISTÓRIA

A pena de morte consiste na execução de uma pessoa mediante processo judicial em razão do cometimento de um crime capital.

Esse tipo de castigo foi utilizado no passado por praticamente todas as civilizações, tanto para punir determinados criminosos como também para conter oposições políticas. Diversas formas de executar a pena de morte foram utilizadas no decorrer do tempo. Confira abaixo algumas das mais chocantes:

Fervimento

Essa forma de pena de morte foi utilizada durante a Idade Média. A pessoa era imersa em um grande caldeirão cheio de água fervente ou óleo quente.

Anos atrás foi encontrado o corpo de Muzafar Avazov que foi vítima, em 2002, dessa tortura devido a problemas políticos com o governo do seu país, o Uzbequistão.


Lingchi

clip_image002

Ling-chi significa: “tortura com faca”, “cortado em mil pedaços”, porém é mais conhecido por “Morte por mil cortes”. Foi a forma mais bizarra e cruel de execução utilizada na China de 900 d.C. até sua abolição em 1905. Primeiramente a vítima tinha os olhos cortados para que ficasse cega, aumentando assim o seu  horror. Então o carrasco lentamente e metodicamente, ia cortando com lâminas finas e afiadas várias partes do corpo do apenado, tais como, dedos das mãos e dos pés, nariz, orelhas e lábios.

Serrado

clip_image003

Uma das formas de pena de morte mais perversas já criadas. O meliante era amarrado de cabeça para baixo com as pernas abertas e tinha o corpo serrado a partir dos genitais. O pior de tudo é que o condenado ficava consciente a maior parte do tempo devido a grande quantidade de sangue que fluía pela cabeça devido a sua posição. Era colocada nessa posição pois além de perder pouco sangue, o cérebro ficava bastante oxigenado, o que permitia que a vítima tivesse uma morte demorada, e com muito sofrimento. As vítimas geralmente só desmaiavam e morriam quando o serrote chegava no umbigo.

Garrote Vil

clip_image004

Garrote vil ou simplesmente garrote é uma artefato utilizado como instrumento de tortura, podendo provocar o óbito do supliciado. O garrote era aplicado ao pescoço da vítima, mantida imóvel amarrada a uma cadeira.

É originário da Espanha, onde vigeu legalmente, desde 1820 até a abolição da pena de morte, pela Constituição de 1978.

Este método também foi utilizado em diversos países da Ibero-América, durante a conquista da América, como para executar o imperadorAtahualpa, em 26 de julho de 1533.

No caso deste método de execução, o adjetivo “vil” vem do sistema de leis estaduais por uma questão simbólica: a decapitação esta reservada aos nobres e às pessoas mais ricas, enquanto o garrote era uma forma mais vulgar de execução, aplicada a todos os criminosos “do campo”.

Alguns anos depois de sua criação, o garrote foi alterado pela colocação de um colar de ferro que tinha um pequeno buraco, por onde entrava um parafuso que quebrava o pescoço da vítima.

Os últimos condenados por este sistema de execução na Espanha foram o anarquista catalão Salvador Puig Antich, na prisão modelo deBarcelona, e o alemão Heinz Ches, em Tarragona, no dia 2 de Março de 1974.

DIAS ATUAIS

Segundo a Anistia Internacional, hoje em dia 95 países aboliram totalmente a pena de morte, 9 países a aceitam em circunstâncias especiais e 35 não utilizaram nos últimos 10 anos. Os outros 58 mantém a pena de morte em uso.

Lista dos cinco países que mais executaram prisioneiros em 2009:

1. China – Não divulgado pelo governo, mas no mínimo 1700.

2. Irã – No mínimo 388

3. Iraque – No mínimo 120

4. Arábia Saudita – No mínimo 69

5. Estados Unidos da América (não todos os estados) – 52


MÉTODOS
MODERNOS

As formas mais utilizadas atualmente para a execução da pena de morte são as seguintes:

Injeção Letal

clip_image006

A injeção letal é um método de execução que consiste em aplicar por via intravenosa, e de maneira contínua, uma quantidade letal de barbitúricos de ação rápida, combinados com produtos químicos músculo-paralisantes. O procedimento é similar ao utilizado em hospitais para a anestesia geral, porém os produtos são ministrados em quantidades letais.

No Texas, um dos 36 Estados norte-americanos onde há pena de morte, a injeção letal é composta de três substâncias químicas, ministradas separadamente, em seringas distintas: tiopentato de sódio (numa quantidade que induz o coma ao condenado), brometo de pancurônio (paralisa o diafragma e os pulmões) e cloreto de potássio (pára o coração).

Atualmente está em discussão nos Estados Unidos se esse método de execução realmente produz uma morte indolor ao condenado. Como a pessoa é levemente sedada e tem os músculos paralisados antes de morrer, as testemunhas da execução acham que ela não sofre – e também não correm o risco de testemunhar, por exemplo, fumaça saindo pela cabeça do condenado, como já ocorreu com a cadeira elétrica. Assim, a injeção letal seria mais humana, mas somente para quem testemunha o “espetáculo”, não para quem morre – médicos dos EUA já atestaram que se trata de um dos mais doloridos meios de “produzir morte”.

Cadeira Elétrica

clip_image007

Foi criada nos Estados Unidos. O seu método de execução consiste em sentar o preso em uma cadeira grande madeira e colocar diversos eletrodos em todo seu corpo. Finalizando esse processo, o condenado é eletrocutado até a morte.

Seu uso está em declínio hoje em dia por ser considerado um método brutal e muito doloroso de execução.

Execução por Tiro

clip_image008

Como o próprio nome já diz, o condenado é executado com tiros disparados por uma ou mais armas de fogo. Método muito utilizado na Ásia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo