BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Facebook, Internet.org, escravidão digital.

No dia 8 de fevereiro de 2016 os indianos proibiram o projeto Internet.org, cujo objetivo seria conectar comunidades carentes em nível global, com serviços básicos da internet de forma gratuita.
Pelo projeto quando o usuário acessar sites específicos como o Facebook, Wikipédia e outros a sua conexão seria gratuita, nenhum provedor poderia cobrar pela conexao, quando acessar sites não participantes do projeto passa automaticamente a pagar pela conexão.
Os indianos estão menos conectados que os “bRASILEIROS”, porém eles alegam que projeto vai contra a neutralidade da rede , na alegação os indianos dizem que se o projeto realmente acontecer os dados de navegação serão gravados, para que exista a distinção entre quais sites o usuário estaria usando assim a neutralidade estaria quebrada. Logo tudo que você fizer na rede será acessado por terceiros, logo o custo de acesso a outros sites podem ser alterados por instituições ou países, como exemplo se você for cliente da operadora X e ela for contra a operadora Y e não aceitar que você acesse um site especifico pode querer cobrar mais para liberar tal acesso.
Com a tentativa do Facebook de "privatizar" parte da internet do país os indianos disseram não, porém o “Brasil” está querendo a todo custo esta parceria.
Na realidade este tipo de serviço já e bem aceito pela população “bRASILEIRA”, a mais escrava da internet, quando compra um chip de celular com acesso livre a serviços como Whatzaap(Acesso livre só que não), a operadora esta controlando quais dados você envia e recebe e principalmente de quem recebe.
Em abril quando Zuckerberg postou a foto em seu perfil ao lado da presidente Dilma ela estava usando um casaco do Facebook, que tem um projeto de responsabilidade social em Heliópolis, mas que, segundo a empresa, não tem a ver com o Internet.org.
No começo de fevereiro o Ministério Público Federal emitiu nota técnica dizendo que o projeto está em desacordo com o princípio de neutralidade da rede além e claro de fazer uma venda disfarçada de um novo tipo acesso a internet com um disfarce de acesso livre porém com um custo muito alto.

Rezamos para que o fracasso deste projeto na índia venha servir como um alerta a população BRASILEIRA e que diga não ao projeto de Zuckerberg.

Fonte:
Ministério Público considera projeto Internet.org, do Facebook, ilegal: Site <http://www.cartacapital.com.br/blogs/intervozes/ministerio-publico-considera-projeto-internet-org-do-facebook-ilegal-3972.html> Acessado em 15.02.2016

Ministério Público Federal diz que Internet.org, do Facebook, afronta o Marco Civil: Site <http://gizmodo.uol.com.br/especial/ministerio-publico-federal-diz-que-internet-org-do-facebook-fere-o-marco-civil/> Acessado em 15.02.2016 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo