BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

PT vai punir deputados que votaram a favor dos trabalhadores e contra o governo

" Bancada do PT vai punir deputados que votaram contra governo "
Bem meus amigos, eu não entendo muito de política, porém acho que um deputado foi eleito para representar os eleitores que lhe deram seu voto, sim, acredito que os interesses partidários devem ser observados, sou um partidário, e acredito e defendo muitas coisas que são definidos pelo partido político ao qual em pertenço. Porém o eleito deve defender os interesses do País e dos que o elegeu, acredito que o “PT”, hoje não defende tanto os interesses dos trabalhadores e sim o interesse do partido “PT”
" O líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (MG), afirmou ontem que a bancada petista vai punir os dois deputados do partido que votaram contra orientação do governo federal, e a favor de emenda do DEM que propunha valor de R$ 560 para o salário mínimo.
O projeto de lei enviado pelo Planalto ao Congresso, aprovado, fixou o valor de R$ 545. “Haverá repercussões. A bancada caminhou numa direção e eles foram em direção contrária”, afirmou Paulo Teixeira. Da bancada petista, somente os deputados Eudes Xavier e Francisco Praciano, do Amazonas, votaram contra a determinação da bancada.
Ou eles votaram contra ou se enganaram como o “TIRIRICA”, bem meu caro amigo leitor, acredito que a orientação da bancada, deva ser somente uma ORIENTAÇÂO e não uma obrigação, afinal se for uma obrigação qual seria a necessidade de pagar o Salário a um deputado. Com a obrigação da votação ficaria mais fácil colocar um único representando da Bancada partidária, e durante as eleições deveríamos votar não no candidato e sim no peso de decisão do partido político em decisões como essas.
O líder do PT não quis adiantar quais as punições cabíveis, mas disse que a bancada “quer mostrar autoridade, tem seus mecanismos” e vai se reunir na semana que vem para decidir. A punição não deve se estender para a executiva nacional do partido. Segundo Teixeira, os deputados já tinham conhecimento que os dois dissidentes votariam a favor dos R$ 560. “Eles cometeram um equívoco grave com o Brasil, com o governo da Dilma e com o partido. Eles já devem estar com problema de consciência”, comentou o líder do governo, Cândido Vacarezza (PT-SP).

Dissidências
Olhem o posicionamento do “PV” para quem tiro meu Chapéu, assim como nas eleições onde deixo seu corpo partidário escolher em quem votaria no segundo turno.
Com exceção de Eudes Xavier, nenhum deputado nordestino da base votou contra o governo na emenda de R$ 560, embora tenha havido dissidências no PDT e PTB e PP. Dentro do PV, que declarou independência em relação ao governo e à oposição, dois deputados votaram sim, dois não e 10 se abstiveram, incluindo Sarney Filho (MA) e Paulo Wagner (RN). Já na emenda do PSDB, que propunha emenda de R$ 600, a oposição não votou fechada. Vários deputados do DEM votaram não, incluindo Paulo Magalhães (BA). Do próprio PSDB, Manoel Salviano (CE) votou não nas duas emendas que alteraram o valor de R$ 545. Na base, Chico Lopes (PCdoB-CE), Oziel Oliveira (PDT-BA) e Luiz Argôlo (PP-BA) votaram a favor dos R$ 600. Do PV, todos votaram contra, com exceção de Roberto Santiago (SP), que se absteve."

FONTE: JORNAL O ESTADO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo