BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Segundo informações não-oficiais Sakineh Mohammadi-Ashtiani, condenada a apedrejamento, seria libertada.

Tal informação ainda não se concretizou.
A iraniana Sakineh Mohamadi-Ashtianí, acusada de adultério e cumplicidade no assassinato de seu marido, teria deixado a prisão apenas por algumas horas para fazer a reconstituição do crime e não foi libertada, informou a rede estatal de TV “Press TV”, nesta sexta-feira (10-12-10).

Na quinta (9-12-10), as agências internacionais de notícias Associated Press (AP) e France Presse (AFP) divulgaram uma série de fotos que supostamente mostram a iraniana, condenada a morrer apedrejada, em liberdade. O governo do Irã não confirmou a libertação.

A rede de TV iraniana informou ainda que a história completa irá ao ar nesta sexta durante o programa “Irã hoje”. Participaram da gravação, segundo a emissora, o filho de Sakinhe, Sajad Ghaderzadeh, e seu advogado, Javid Houtan Kian, que de acordo com a rede estatal permanecem presos e também não foram libertados.

Sakineh, de 43 anos, foi condenada em 2006 a dez anos de prisão por participação no assassinato de seu marido com um de seus amantes, e condenada à morte por apedrejamento por vários adultérios, segundo as autoridades iranianas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo