BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Trovão durante a operação no Complexo do Alemão / Foto: Marcelo Carnaval / O Globo
Meus amigos, eu tive o prazer de trabalhar com um Coronel que muito me ensinou na vida e ele dizia o seguinte:
-“O militar que trabalha com a manga da gandola dobrada, boina caída tampando um olho, mascando chiclete, o tempo todo arrumando seus órgãos genitais em suas calças, coturno brilhando como espelho, esfregando Breves de curso na cara dos demais militares, você pode ter a total certeza este militar Arrota aos cantos a arrogância do mundo, a putrefação da corporação, querendo mostrar que é o melhore, este será sempre o militar que ira trazer dor de cabeça para o sociedade, já meus amigos o militar que após horas de trabalho, está com o coturno sujo, todo suado, mais ainda assim não tampa os olhos com a boina, não exibe breves de cursos ao qual realmente participou, e ainda assim trás no rosto o sorriso do dia, a vitoria do trabalho bem executado, e do dever cumprido, amizades ao seu lado, e o principal a população trabalhando junto com ele, este será o melhor militar que uma corporação poderá ter, o melhor amigo que a sociedade terá ao seu lado”
Estas palavras me entraram na rotina da vida, e hoje tenho total certeza que o que ele me ensinava era verdade, conheço vários militares que não apresentam o corpo musculoso, não ficam na academia, não dizem que são a elite, e executam o que realmente e necessário para a sociedade, já militares que gostam de ostentar Breves, e medalhas, não são pessoas em sua maioria os melhores exemplos a serem seguido, e acredito que este e o caso do policial civil a seguir.
Um dos policiais civis que teve a prisão decretada pela Justiça na “Operação Guilhotina” é o inspetor Leonardo da Silva Torres, de 47 anos. Ele pode ser descrito como uma figura lendária na corporação por seu vestuário e atitude nada comuns. Trovão, como é conhecido, fazia parte de um grupo de 15 policiais de ações táticas da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae). Em 2007, ele participou de uma megaoperação no Complexo do Alemão e, enquanto andava pelas vielas do conjunto de favelas, foi fotografado fumando um charuto e vestindo um uniforme camuflado, que não é usado pela polícia do Rio. Por conta desse visual em comum, ganhou também o apelido de “Comandos em Ação”.
Qual será o motivo da prisão que foi decretado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo