BLOG SÓ PALAVRAS + UM POUCO DE TUDO, NOTICIAS E TEXTOS MAIS

Ultimas Postagens

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Ex-agente de segurança prisional exonerado por denuncia, volta a fazer denuncias....

O agente de segurança prisional exonerado porque teria feito denúncias de assédio moral, tráfico de drogas e tortura na cadeia pública de Serro, na região central, fez novas denúncias de perseguição durante audiência pública na Câmara Municipal da cidade realizada na manhã desta terça-feira (16) pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.

Segundo ele, após audiência pública anterior da comissão, realizada em Belo Horizonte, no 6 de outubro, sua ex-namorada foi levada à Delegacia da Polícia Civil do Serro por três policiais civis, em viatura, e sem mandato, a pretexto de prestar esclarecimentos sobre ele.

O presidente da comissão, deputado Durval Ângelo (PT), considerou o fato grave e cobrou esclarecimentos das autoridades após lembrar que a comissão tinha sido procurada pela primeira vez há seis meses por agentes que estariam sendo perseguidos por terem alertado autoridades locais sobre o tráfico e o consumo de drogas na cadeia do Serro.

O delegado Bernardo Teixeira de Freitas Braga, representante da Corregedoria-Geral da Polícia Civil de Minas Gerais, disse desconhecer o fato envolvendo a ex-namorada do agente. Para o delegado, estão querendo denegrir o trabalho da Polícia Civil.

Já o delegado do Serro, Kléber Valadares Coelho Júnior, por sua vez, disse que o fato não chegou ao seu conhecimento formalmente e que ele teria orientado que o caso fosse levado à delegacia regional.

O delegado regional de Diamantina, Denirval Campos da Cruz, informou que, após a audiência pública na ALMG, os fatos denunciados foram separados, resultando na instauração de sete inquéritos policiais, mas nenhuma sindicância. Em um deles, segundo Denirval, consta que a ex-namorada do agente exonerado teria sido convidada a prestar esclarecimentos e que teria acompanhado os policiais por vontade própria.

Segundo o delegado, que não deu detalhes sobre os inquéritos, quatro deles foram instaurados pela Delegacia Regional da Polícia Civil de Diamantina e três pela Corregedoria da PC. Em entrevista à TV Assembleia, ele disse que os mesmos estariam em processo de conclusão, devendo ser remetidos ainda esta semana para o Ministério Público da Comarca do Serro, com cópias para a comissão.
 
Bem meus bruxos...acho eu se for verdade as denuncias elas devem ser apuradas e penalizados.
 
Eu como ex-policial e atual agente penitenciario denunciaria e espero que nada do tipo esteje acontecendo onde trabalho, se estiver acontecendo eu também denunciarei, com provas de fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCEIROS

Tedioso: Os melhores links Linkado - Agregador de conteudo